sexta-feira, 19 de junho de 2009

Seminário Educação Ambiental: aprendizagem baseada em projetos

Na última quarta-feira participei do Seminário Educação Ambiental: aprendizagem baseada em projetos, promovido no lançamento do Prêmio Embraco de Ecologia, que foi conduzido pela bióloga M.Sc Sueli Naomi Ota e pela educadora M.Sc Nélia Elaine Wahbrink Engster.
Foram convidados representantes do corpo docente das Escolas de Ensino Fundamental e de Educação Infantil de Joinville-SC, ou seja, professores de sala de aula conforme li no convite, porém constatei que algumas instituições de ensino não deram oportunidade aos professores de atualizar conceitos e reciclar conhecimentos sobre a elaboração de projetos de educação ambiental, conforme o objetivo proposto pelo seminário.
Vi presentes no evento, no lugar dos professores, diretores de escola, supervisores de ensino, coordenadores das salas de informática, sabe o que concluí? Professor, não pode sair da escola porque funcionários do corpo administrativo, não querem substituí-los por um dia na sala de aula! O convite estava bem claro, não sou de forma alguma contra a participação destas pessoas, apenas penso que é o professor que vai fazer com que as atividades de educação ambiental sejam feitas, afinal de contas, quem está lado a lado com o aluno no dia a dia?
Fico triste, porque o objetivo do encontro era estimular professores a escreverem projetos de Educação Ambiental para concorrerem ao Prêmio Embraco de Ecologia, na parte da manhã ocorreram dinâmicas, mas o período da tarde foi todo voltado para a metodologia que é empregada para concorrer ao prêmio de educação ambiental. Agora, como os professores podem ter vontade, subsídios para escrever projetos para as escolas se estas oportunidades lhes são tiradas? Não que um professor não possua qualidades para escrever, mas o incentivo destes momentos é muito importante, dá ânimo, são coisas que não deveriam mais acontecer!
Deixando este fato lamentável de lado, no Seminário, revi colegas, conheci professores muito bacanas, e como a Professora Eloisa Corrente, supervisora II da Secretaria da Educação, divulgou o Consciência com Ciência, encaminhando email para escolas e outras instituíções, aconteceu um fato interessante o qual eu não esperava, algumas pessoas me reconheceram e vieram falar comigo dando os parabéns por este espaço online que criei, fiquei feliz, mas um pouco sem jeito, amo escrever no blog o pouco conhecimento que tenho, não sou dona da verdade absoluta, aliás em ciência, principalmente na biologia, não temos verdades absolutas, aprendo muitas coisas aqui, apenas escrevo alguns pensamentos e opiniões, que qualquer pessoa pode vir aqui e discordar, talvez até com argumentos me faça mudar de opinião.
Agradeço aos elogios, porém voem mais longe, pois não tenho a pretensão de tornar este espaço, um ponto de referência, quero que ele seja um local de reflexão onde a partir daqui cada um possa buscar mais informações e formar sua opinião sobre os temas e práticas que divulgo.
Tema do Prêmio Embraco 2009: Transforme sonhos em práticas educativas.Clique aqui e conheça o Prêmio Embraco de Ecologia.

Daniela Lima

3 comentários:

Raquel Alves Araujo disse...

Oi Daniela!!!
O que vc disse sobre os funcionários da escola (que não são professores) participarem de atividades voltadas para os professores é bastante comum mesmo...Eu faço estagio no Trem da Vale em Ouro Preto (MG)em um projeto de educação patrimonial e ambiental voltado pras escolas. É um projeto muito interessante que poderia criar um link interessante em sala de aula se professores de diversas disciplians acompanhassem os alunos. Portanto, infelizmente, muitas vezes é o diretor ou supervisor que acompanha as crianças para "andar de trem de graça"...é mesmo uma pena...

Junior disse...

hmmm . . .
eu gosto ^^
acho q nao ha sites científicos o suficiente em portugues.
o melhor professor nao eh o q mais sabe, mas o q mais sabe ensinar o q sabe! e vc eh uma otima professora xD

=*

CANTO EN FLOR disse...

Oi Dani!
Cancele que é lamentable que os professores não podem atender a estes eventos e eu compartilho de seu sadness; estes espaços são para eles, e devem esforçar-se para poder atender.

É preciso que superiores faz exame de acordos e cría os espaços que permitem que os professores compartilhem e para intercambiar experiências de sua prática educacional, porque esta maneira que enriquecem e fortify his para agir educacionais.
Um hug cheio forte da energia!

Hola Dani!
Claro que es lamentable que los profesores no puedan asistir a estos eventos y comparto tu tristeza; estos espacios son para ellos, y deben pugnar para poder asistir.
Es preciso que los superiores tomen acuerdos y creen espacios que les permitan a los profesores compartir e intercambiar experiencias de su práctica docente, pues de esta manera enriquecen y fortalecen su actuar docente.
Un fuerte abrazo lleno de energía!

Related Posts with Thumbnails