domingo, 16 de agosto de 2009

Anfíbios - Termômetros da Terra


Várias espécies de anfíbios (sapos, rãs e salamandras) estão desaparecendo da Terra, talvez entre elas espécies que nem chegamos a conhecer.
Estes seres vivos, são elos vitais em toda cadeia trófica, por se alimentarem e servirem de alimento para outras espécies animais.
Os anfíbios são bioindicadores, uma espécie de termômetro das condições ambientais, por serem extremamente sensíveis as alterações ocorridas no ecossistema.
Devido ao fato de habitarem o meio aquático e o terrestre, são diretamente afetados pelas agressões impostas aos dois ambientes.

O desaparecimento dos anfíbios indica que os dois meios, tanto o aquático quanto o terrestre estão se tornando impróprios à vida no planeta.

Pense nisso quando ver um sapo ou perereca, ou então quando sentir falta da presença deles em determinado local onde se costumava encontrar!


Daniela Lima

6 comentários:

Mimirabolante disse...

oi,tenho percebido uma diminuição de sapos e pererecas lá em Miguel.....vigio,pois de uma certa maneira ensinei aos meus cachorros a não machucarem eles(anfíbios) e os pássaros......por vzs meu cachorro pega um gambá e eu fico pra morrer....

Junior disse...

aqui tem muitas lagartichas, tem q cuidar mesmo. as pessoas esquecem, ou ignoram, que todo ciclo eh dependente de vários fatores. no caso do ambiental, os anfibios sao importantes, e o meio ambiente tambem.

=**

CANTO EN FLOR disse...

Mucha gente desconoce la función de los animales en el ecosistema, así como sus requerimientos para sobrevivir; por ello es preciso saber y conocer.

Breve, preciso y conciso tu post...

Y que debemos cuidarlos, por supuesto, más que si fuera el príncipe azul, que no?

Un abrazo agradecido!

Daniela Lima disse...

Monique,

É necessário ficar alerta para estes sinais, quanto aos seus cachorros, certamente os impactos que eles causam caçando uma ou outra espécie, são aquse nulos comparando a destruição dos hábitas que é a maior causa do desaparecimento das espécies.

Jr,

Lagartixas são ótimas para comer insetos, as mantenha.
Os ciclos devem ser respeitados, um elo quebrado na cadéia trófica pode gerar grandes danos em um ecossitema.

Alejandra,

As pessoas realmente deveriam saber mais sobre os processos biológicos envolvendo os animais, para entender os sinais que a natureza nos manda. Afinal, para sobreviver eles precisam de tudo que nós também necessitamos, e se falta p eles... provavelmente faltará p nós!!!

Davi disse...

Isso é uma verdade mesmo Daniela.. é iportante lembrar que o ser humano está acelerando o processo de desaparecmento em massa dos anfíbios.. já que de acordo com alguns autores (e eu compartilho essa idéia) esse grupo já vem reduzindo sua diversidade á um bom tempo..

Mas vale lembrar também que é um grupo bem pouco estudado.. e o Brasil detem a maior diversidade de sapos e pererecas do planeta.. (ou está entre os maiores..)

VinNy disse...

Adorei o Post e os comentário, eu estou buscando esse tipo de informação, muito interessante, as pessoas devem quebrar esse "Tabu" sobre esses grande animais como Répteis e Anfibios, que tem uma influencia direta ao no cotidiano, mitos e supertições e falta de informação levam as pessoas a estarem desconfortáveis na presença e no pronuciamento desses desses individuos.
Atualmente estou me preparando para fazer um trabalho na área de anfibios...

Abraço a todos!!!

Related Posts with Thumbnails